quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Carrega a sua Cruz e “Segue-me”

Reflexão do Evangelho de Quinta-feira após Cinzas no Ofício Divino em Esperança -PB

RODOLPHO RAPHAEL

Irmãos e irmãs, no Evangelho de hoje Jesus se identifica como o filho do homem, e ao mesmo tempo nos convida a segui-lo carregando sua cruz, passando por tudo que ele passou a fim de que no final possamos com Ele ressuscitar para a eternidade.
A Cruz é o sacrifício de amor de Cristo, Santa Rosa de Lima nos lembra que “fora da Cruz não existe outra escada para subir ao céu”, Jesus meus irmãos e irmãs é o servo sofredor que justificou à muitos e levou sobre si as nossas dores e transgressões.
Mediante o encontro pessoal com o nosso Redentor e através do jejum, da esmola e da oração, o caminho de conversão rumo à Páscoa leva-nos a redescobrir o nosso Batismo.
Renovemos nesta Quaresma o acolhimento da Graça que Deus nos concedeu naquele momento, para que ilumine e guie todas as nossas ações. Tudo o que o Sacramento significa e realiza, somos chamados a vivê-lo todos os dias num seguimento de Cristo cada vez mais generoso e autêntico.
 Neste nosso itinerário, confiemo-nos à Virgem Maria, que gerou o Verbo de Deus na fé e na carne, para nos imergir como ela na morte e ressurreição do seu Filho Jesus e ter a vida eterna.
Ressoa para nós o apelo que o Senhor nos faz: “Voltai a mim com todo o coração”. E nesse tempo, somos chamados a converter o nosso coração a Deus, conscientes de que não podemos realizar uma conversão sozinhos ou com as nossas próprias forças, porque é Deus que nos converte. Ele nos oferece o seu perdão e convidando-nos a voltar a Ele para que tire nosso coração de Pedra e nos dê um coração novo, purificado do mal que nos oprime.
Façamos assim a nossa penitência e fixemos atentamente o olhar no Sangue de Cristo que foi derramado na Cruz para nossa salvação e compreendamos o quão é precioso. É neste tempo favorável que somos convidados a jejuar e a praticarmos com mais ênfase a oração, que é o diálogo com Deus, assim como os olhos do corpo são iluminados quando recebem a luz, a alma que se eleva para Deus é iluminada por sua luz inefável, a oração é uma atitude exterior que provem do coração, se torna a mediadora entre Deus e os homens.
A Quaresma meus amados, oferece-nos a oportunidade de refletir mais uma vez sobre o cerne da vida cristã: o amor. Com efeito este é um tempo propício para renovarmos, com a ajuda da Palavra de Deus e dos Sacramentos, o nosso caminho pessoal e comunitário de fé.
Que a nossa vida, nossa fé e nossa vivência fraterna sejam sinais externos dessa conversão interior.

Assim Seja

Rodolpho Raphael é Bacharelando em Comuncação Social pela UEPB e é Vocacionado da Paróquia de Nossa Senhora do Bom Conselho em Esperança.

Nenhum comentário: